"Estamos ansiosos". D'ZRT regressam hoje a palco e há fãs que vieram do Luxemburgo para os ver - TVI

"Estamos ansiosos". D'ZRT regressam hoje a palco e há fãs que vieram do Luxemburgo para os ver

Dzrt (Andreia Miranda/CNN Portugal(

Doze anos depois, a banda que nasceu na série Morangos com Açúcar está de regresso. O primeiro concerto acontece esta noite, no Altice Arena

"Viemos de propósito do Luxemburgo só para o concerto". Ângela, Mariana e Melanie viajaram este fim de semana para Lisboa com dois objetivos: celebrar o 22.º aniversário de Mariana e ver o concerto dos D'Zrt. Mas os dois objetivos confundem-se num só: "foi muito tempo à espera, por isso vai ser um bom presente de anos".

As jovens faziam parte do leque de fãs que teve direito a entrar antecipadamente na sala e a cumprimentar a banda durante breves minutos. Junto ao gradeamento em frente ao palco, Cifrão, Vintém e Edmundo desdobravam-se em selfies, abraços e cumprimentos para gáudios dos fãs e houve mesmo quem confessasse que "se não houvesse concerto, já não ia embora desiludido".

Os minutos, esses, breves e sempre curtos para quem anseia por mais, fizeram com que a banda tivesse que se despedir dos fãs para que as portas se abrissem para quem aguardava desde cedo. 

Olívia e a filha, Sofia, vieram de Santarém e às 11:00 já estavam na fila para verem, pela primeira vez, a banda que nasceu nos "Morangos com Açúcar" em palco. 

"Estou muito ansiosa", diz a jovem que cresceu a ouvir o quarteto que hoje, garante, vai subir ao palco de "alguma forma". "Vão ser quatro, vão ser". 

E ansiosos, também, estão os D'Zrt, que ao longo de quase dez meses prepararam "com tempo" esta "viagem ao passado". Em conversa com a CNN Portugal, a poucos minutos de entrarem em palco, Cifrão, Vintém e Edmundo, garantem que o que vai acontecer este sábado à noite no Altice Arena é "muito sério".

"Preparámos com tempo, preparamos exatamente o que queríamos, fizemos esta viagem ao passado, ter produção que queríamos, da forma que mais amamos. E celebrá-lo da forma que achamos mais bonita e, por isso, foi muito bom termos este tempo todo para fazermos isto como queríamos fazer", afirma Cifrão.

Para Edmundo, esta entrega, quer da banda, quer dos fãs, "demonstra o carinho e a importância que o regresso dos D'zrt" tem para as pessoas".

"É muito mais do que música, é muito mais do que só D'zrt, é muito mais do que tudo isto, é inexplicável tudo o que faz mover, as pessoas. Estive em contacto com pessoas que me disseram que vieram hoje de Inglaterra e que já vão amanha porque segunda vão trabalhar. E vieram de autocarro fazer esta viagem incrível para estar aqui hoje. Isto demonstra a dimensão e a importância que este momento tem para eles. E nós temos que levar isto muito a sério".

Certo é que a banda garante estar a viver uma "avalanche de emoções" que vai transbordar para o espetáculo que vai "tentar fazê-lo da forma mais perfeita possível".

"Vai nos trazer tantas emoções. Vai ser muito forte. Estamos ansiosos", remata Vintém. 

Continue a ler esta notícia