Pelo menos 21 mortos em incêndios florestais nos Montes Urais na Rússia - TVI

Pelo menos 21 mortos em incêndios florestais nos Montes Urais na Rússia

  • Agência Lusa
  • AG
  • 10 mai 2023, 07:53
Incêndios nos Montes Urais (AP)

Autoridades temem que o número de vítimas mortais ainda possa aumentar

Os incêndios florestais nos Montes Urais, na Rússia, já fizeram 21 mortos, informou a agência de notícias estatal russa TASS.

Segundo as autoridades locais, a maioria das mortes ocorreu no domingo, na vila de Yuldus (província de Kurgan), localizada na fronteira entre os Montes Urais e a Sibéria.

“O número de mortos pode aumentar”, disse o serviço de emergência regional citado pela Tass.

O estado de emergência foi entretanto ativado nesta província, onde mais de cinco mil edifícios arderam. Os incêndios também atingiram milhares de hectares na região de Sverdlovsk e nas províncias siberianas de Omsk e Tyumen.

Nos últimos anos, a Rússia foi assolada por incêndios florestais de grande dimensão, que os especialistas atribuem aos verões excecionalmente secos e às altas temperaturas.

Especialistas também citam a decisão de 2007 de desmantelar uma rede federal de aviação responsável por detetar e combater incêndios. Os recursos desta rede foram entregues às autoridades regionais, o que levou ao rápido declínio da força.

Posteriormente, o Governo reverteu a medida e restabeleceu a agência federal. No entanto, os recursos permanecem limitados, o que dificulta a monitorização das extensas florestas da Sibéria e do extremo oriente russo.

Continue a ler esta notícia