Trabalhadores da agência de notícias Lusa aprovam greve de quatro dias entre 30 de março e 2 de abril - TVI

Trabalhadores da agência de notícias Lusa aprovam greve de quatro dias entre 30 de março e 2 de abril

  • Agência Lusa
  • BCE
  • 15 mar 2023, 17:03
Agência Lusa

Esta tarde dezenas de trabalhadores da agência de notícias estão concentrados em frente à sede da empresa, em Lisboa

Os trabalhadores da Agência Lusa, a única agência de notícias em Portugal, aprovaram a realização de uma greve de quatro dias, entre 30 de março e 2 de abril, reivindicando aumentos de salários dignos após rejeitarem a proposta da administração.

“Os trabalhadores da Lusa reunidos em plenário aprovaram hoje quatro dias de greve para 30 e 31 de março e 01 e 02 de abril”, indicam em comunicado os sindicatos dos Jornalistas (SJ), dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Actividades do Ambiente do Centro-Sul e Regiões Autónomas (SITE CSRA) e dos Trabalhadores do Setor de Serviços (SITESE).

Esta greve de quatro dias foi aprovada com votos a favor de 155 trabalhadores e uma abstenção.

Também esta tarde, e após o plenário, dezenas de trabalhadores da Lusa estão concentrados em frente à sede da empresa, em Lisboa.

No comunicado divulgado a anunciar esta concentração, os sindicatos representativos explicaram que o protesto visa reivindicar “aumentos salariais dignos”, depois de a administração ter feito uma proposta de atualização “bem abaixo do exigido”.

Os trabalhadores da Lusa rejeitaram a contraproposta num plenário realizado em 1 de março.

Continue a ler esta notícia