Se as eleições acontecessem hoje, o PSD seria o partido com a maior intenção de voto, após uma descida significativa do Partido Socialista, de acordo com a sondagem realizada pela Pitagórica para a TVI e CNN Portugal.

No entanto, os dois partidos continuam em empate técnico, com o PSD de Luís Montenegro a seguir à frente do PS com 3,7 pontos percentuais.

Na sondagem feita para a TVI/CNN Portugal, o Chega volta a afirmar-se como a terceira força política, tal como aconteceu em dezembro. É mesmo o partido de André Ventura, juntamente com o Iniciativa Liberal, que apresenta a maior subida, enquanto o Partido Socialista é aquele que mais desce.

Esta sondagem reflete uma tendência da subida das avaliações negativas da atuação do Governo, com mais de metade dos portugueses inquiridos (53%) a avaliarem o Executivo liderado por António Costa com tendo um desempenho mau ou muito mau.

A aprovação da governação do atual primeiro-ministro tem vindo a decrescer desde novembro, alcançando agora o valor mais baixo. Segundo os dados, três em cada cinco dos inquiridos não aprovam a forma como o primeiro-ministro está a governar o país.

Neste indicador, são os mais jovens aqueles que mais aprovam esta governação.

Os dados mostram também que 34% dos inquiridos dão uma nota "razoável" ao desempenho do Governo, traduzindo-se numa descida de seis pontos face à última sondagem.

Para além de João Cotrim Figueiredo que foi sucedido por Rui Rocha no comando da Iniciativa Liberal, António Costa é apontado como o atual líder partidário com assento parlamentar a registar menor probabilidade de se manter no cargo até ao final do ano.

A avaliação negativa do Governo regista, assim, uma subida de 12 pontos, sendo que são os homens, com idades entre os 35 e os 44 anos, da região do Centro e pertencentes ao eleitorado da Iniciativa Liberal que pior avaliam o Executivo.

Em sentido oposto, são as mulheres com idades compreendidas entre os 18 e os 34 anos e pertencentes ao eleitorado do PS que tendem a melhor avaliar o desempenho do Governo nos últimos meses.

A grande maioria dos inquiridos mantém-se pessimista quanto à evolução da economia portuguesa nos próximos 12 meses e a esperança de melhoria da economia regista valores abaixo dos 10% em todo o histórico, com o pessimismo a registar o valor mais baixo.

Sondagem realizada pela Pitagórica para A TVI e CNN Portugal, com o objetivo de avaliar a opinião dos Portugueses sobre temas relacionados com a atualidade nacional e internacional.

O trabalho de campo decorreu entre os dias 11 a 17 de janeiro de 2023, foram recolhidas 828 entrevistas telefónicas a que corresponde uma margem de erro máxima de +/- 3,48% para um nível de confiança de 95,5%.

A amostra foi recolhida de forma aleatória junto de eleitores portugueses recenseados e foi devidamente estratificada por género, idade e região. A taxa de resposta foi de 60,48% e a direção técnica do estudo é da responsabilidade de Rita Marques da Silva.

A ficha técnica completa, bem como todos os resultados, foram depositados junto da Entidade Reguladora da Comunicação Social que os disponibilizará para consulta online.

CNN Portugal