Depressão Óscar aproxima-se do continente e traz chuva forte e trovoada - TVI

Depressão Óscar aproxima-se do continente e traz chuva forte e trovoada

  • Agência Lusa
  • PP
  • 7 jun 2023, 07:57
Mau tempo em Portugal (Associated Press)

IPMA adiantou que o “pior já passou na ilha da Madeira”, que esteve sob aviso vermelho devido à chuva intensa que provocou inundações e derrocadas, aproximando-se agora a depressão Óscar do território do continente

A depressão Óscar está a aproximar-se de Portugal continental influenciando o estado do tempo a partir do final da tarde de hoje em Vila Real e Bragança, mas com maior incidência na quinta-feira, segundo a meteorologista Cristina Simões.

Em declarações à agência Lusa, a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) adiantou que o “pior já passou na ilha da Madeira”, que esteve sob aviso vermelho devido à chuva intensa que provocou inundações e derrocadas, aproximando-se agora a depressão Óscar do território do continente.

“A depressão vai-se deslocando lentamente e aproximar-se do continente. Amanhã [quinta-feira] será a posição mais perto do continente. Ela nunca chega a atravessar e ao aproximar-se do território desloca-se para norte. No entanto, influencia-nos sempre pela proximidade, daí esta instabilidade com precipitação e possibilidade de trovoada”, disse.

De acordo com Cristina Simões, a depressão vai influenciar o estado do tempo no continente a partir do final da tarde de hoje nos distritos de Vila Real e Bragança e depois na quinta-feira nas regiões do Norte e Centro com chuva forte e trovoada.

“Continuamos com influência desta depressão nomeada Óscar que trará precipitação para hoje com períodos de chuva passando a regime de aguaceiros durante a tarde e que poderão ser temporariamente fortes no interior norte, daí termos emitido aviso amarelo para o final da tarde de hoje para Vila Real e Bragança”, contou.

A meteorologista do IPMA adiantou que na quinta-feira estão previstos aguaceiros por vezes fortes acompanhados de trovoada durante a tarde, tendo sido emitido aviso amarelo para os distritos de Viseu, Porto, Guarda, Viana do Castelo, Leiria, Castelo Branco, Aveiro, Coimbra e Braga entre as 12:00 e as 21:00 de quinta-feira.

“É uma situação não tão severa como a que aconteceu na Madeira, mas continuamos com alguma instabilidade e dai a continuação da emissão de aviso para estas regiões de precipitação por vezes forte e trovoada para hoje e manhã”, salientou.

Cristina Simões acrescentou que o estado do tempo vai ser caracterizado por alguma instabilidade até ao fim de semana.

“Parece-nos que a partir de dia 15 deverão terminar estas condições de instabilidade que têm caracterizado o estado do tempo no final de maio e início de junho”, indicou.

No que diz respeito às temperaturas, a meteorologista referiu que vão manter-se até ao fim de semana com temperaturas máximas a rondas os 25/26 graus Celsius na região sul e interior e 23/24 em Lisboa e no Porto.

“As temperaturas mínimas vão manter-se da ordem dos 14/15 graus no interior e os 18 nas regiões do litoral”, disse

Continue a ler esta notícia