Protestos confrontos. Campus universitários dos EUA viram cenário pró-Palestina