PSG com «coração pesado» e a torcer por Sergio Rico: «Não vai haver festa» - TVI

PSG com «coração pesado» e a torcer por Sergio Rico: «Não vai haver festa»

Sergio Rico (David Ramos/Pool Photo via AP, File)

Galtier abordou o acidente que deixou o guarda-redes espanhol a lutar pela vida

Relacionados

Com o «coração pesado», o técnico do PSG, Christophe Galtier, abordou o estado de saúde de Sergio Rico, guarda-redes do clube que luta pela vida numa unidade hospitalar em Sevilha na sequência de uma queda de um cavalo.

«O coração está pesado. Vamos tentar ter energia positiva e transmitir força ao Sergio e apoio à sua família, mãe e entes queridos. É um momento difícil. Os jogadores perguntaram se havia novidades. É preciso ter esperança e pensar positivo. O Sergio é um lutador. Tens de acreditar na medicina. Foi uma semana incrivelmente dura. Estávamos a beber champanhe no sábado após o título e domingo de manhã...», começou por dizer, em conferência de imprensa.

«Novidades? Sabemos o que o hospital em Sevilha comunicou. Estamos em permanente contacto com a família e com o staff médico do hospital. Não temos mais nenhuma informação. Não vai haver festa, é uma semana muito complicada. Estamos todos afetados. Vamos tentar dar o nosso melhor na preparação para o jogo. Estamos todos unidos e queremos enviar energia positiva para o Sérgio, para a sua mãe, mulher e restantes familiares», acrescentou.

O treinador dos campeões gauleses revelou que «não vai haver um tributo ao Sergio, mas uma grande mensagem de apoio» por parte de todos no clube.

No último jogo da temporada, o PSG recebe o Clermont, no Parque dos Príncipes, no primeiro jogo depois da conquista da Ligue 1.

Continue a ler esta notícia

Relacionados