O gasoduto que faz a ligação entre a Lituânia e a Letónia foi esta sexta-feira atingido por uma explosão, avança a agência Reuters, que cita a operadora de transporte de gás da Lituânia, Amber Grid. O fornecimento já foi suspenso. 

"De acordo com a avaliação inicial, não vemos nenhuma causa maligna para a explosão, mas a investigação irá incidir sobre todas as opções possíveis", afirmou o operador.

Apesar de ainda não serem conhecidas as circunstâncias em que ocorreu a explosão, imagens da estação de televisão local LRT mostram uma grande coluna de fogo que emergiu o condado de Panevezys, no norte da Lituânia. Segundo descrevem os media locais, as as chamas subiram cerca de 50 metros e podiam ser vistas a uma distância de pelo menos 17 km.

 O autarca da cidade vizinha de Pasvalys, Povilas Balciunas, adiantou à Reuters que o fogo ainda estava ativo às 17:50 (hora de Portugal Continental).

"Os bombeiros não estão a combater o incêndio neste momento porque este atualmente é uma grande tocha de gás, e todo esforço para apagá-lo seria inútil, apenas desperdiçaria água", disse Balciunas. Ainda assim, as equipas de emergência estão perto do local, caso o fogo alastre, acrescentou.

Segundo informou a agência de notícias báltica BNS cerca das 18:00, a polícia preparava-se para evacuar uma vila perto do local da explosão.

Até ao momento não há registo de feridos ou mortes. 

Rafaela Laja / RL