Família de São é abalada por momento caricato

  • 3 mai, 00:00
Veja episódio na integra

A casa está vazia e tem os móveis tapados com plásticos cheios de pó. Ouve-se a chave a rodar e a família de Fernando (Manuel Marques) entra. Vuitton (Beatriz Costa) começa logo a reclamar do pó, São (Sílvia Rizzo) queixa-se do frio e quando Fernando vai ligar o aquecimento central, o quadro elétrico vai abaixo.

O Sôtor (José Carlos Pereira) está desmaiado no meio do chão, rodeado por todos que tentam arranjar uma solução. Manuela (Inês Herédia) acha que é a pessoa mais indicada para o socorrer e dá-lhe palmadinhas na cara, com sucesso já que ele começa a abrir os olhos. Aida (Ana Guiomar), ao ver o Sôtor caído, fica muito preocupada e sugere que ele fique em sua casa, para não ter de conduzir. Manuela conta que o Sôtor já anda assim a algum tempo e devia ir ao médico.

Jorge (Manuel Melo) apanha algumas moedas que ficaram caídas. Florinda (Ana Brito e Cunha) está a lavar a loiça enquanto Albino (Pedro Alves) continua a falar sobre a TVI vir à aldeia. Florinda não partilha do entusiasmo do marido, pois está focada no trabalho. Enquanto isso, Albino acaba por receber mensagens provocadoras de Elisabete (Ana Marta Contente), mas diz à mulher que é trabalho. Albino fica desconsolado ao saber que a catequese foi adiada para amanhã e que vai acordar sozinho.

Corcovada (Maria do Céu Guerra) prepara-se para dormir quando recebe uma chamada de Manel (Vítor Norte).  Manel diz-lhe que deixou a Família de Fernando em casa, Corcovada agradece e promete dar-lhe uma recompensa. Mais tarde, Corcovada mostra-se marota com Manel e queixa-se da cama fria.


Ana Carolina (Beatriz Barosa) vai à casa de banho e assusta-se ao encontrar Carlos (Rodrigo Paganelli) ainda na sala. Ele pergunta-lhe de onde conhece Louis (Valdemar Brito), mas ela não responde para o picar. Ana Carolina insinua que Vuitton é namorada de Carlos, mas ele explica que não e que até são primos em grau afastado. Contudo, a jovem não fica muito convencida com a resposta.

Elisabete está recostada no sofá a teclar languidamente no telemóvel. Albino fica todo atrapalhado quando recebe outra mensagem. Florinda pergunta-lhe quem é e ele revela que é Elisabete, mas diz que estão a falar de trabalho. Albino queixa-se que trabalha muito e Florinda propõe que Tomé (Pedro Teixeira) fique responsável pela festa, para o aliviar. Albino recusa-se a entregar a festa a Tomé.

São segura numa vela enquanto Fernando anda de volta do quadro elétrico. No entanto, como não consegue resolver o problema garante que amanhã liga a Peixoto (Vítor Emanuel), mas São exige que ele ligue agora. Fernando liga, contrariado, e Peixoto diz-lhe que só consegue amanhã. Não têm outro remédio senão irem dormir e taparem-se com mantas. 

Elisabete cede o seu quarto para o Sôtor dormir e diz que dorme na sala. O Sôtor recusa e diz que não quer incomodar. Aida faz sinal a Tomé para "marcar pontos" com o Sôtor e ele mostra-se muito hospitaleiro.

Albino conta a Florinda que o Sôtor se sentiu mal e vai dormir em casa de Tomé. Florinda estranha que Elisabete lhe esteja a mandar mensagens a esta hora. Albino está mais preocupado com o facto de Tomé estar a tentar passar o Sôtor para o seu lado.

Florinda fica confusa com o tipo de pão que Ana Carolina costuma comer, diz que tem de ir à missa e fica chocada por Ana Carolina não ser batizada. No fim, dá indicações a Ana Carolina sobre a rotina de Corcovada.

Albino, ainda a dormir, agarra-se à almofada, julgando ser Florinda. Quando percebe que Florinda já saiu, protesta por nunca ter o carinho dela e diz que qualquer dia está com os pés para a cova e não aproveitou nada desta vida. Albino pega no telemóvel para ver o que Tomé andou a aprontar e decide ligar a Elisabete, que fica toda contente ao receber uma chamada dele. Mas logo desanima ao perceber que ele só quer saber do Sôtor. Elisabete conta que ele se sentiu mal e que dormiu no seu quarto. Elisabete fica espantada ao ver que Sôtor já não está lá.

Ana Carolina anda de volta do gira-discos, a tentar pô-lo a trabalhar, mas não percebe nada daquilo. De repente, sente o cheiro da cachaça e não percebe como é que a bisavó consegue beber aquilo. Mais tarde, acaba finalmente por conseguir colocar a música a tocar e fica contagiada pela alegria da música.

RELACIONADOS

Vem aí: Sôtor dorme em casa de Aida

Vem aí: família de São entra em «filme de terror»

Episódios

Mais Episódios