“Portugal e a França têm uma relação de parceria muito transversal, histórica, quer do ponto de vista bilateral". Macron e Montenegro almoçam em Paris - TVI

“Portugal e a França têm uma relação de parceria muito transversal, histórica, quer do ponto de vista bilateral". Macron e Montenegro almoçam em Paris

  • Agência Lusa
  • AM
  • 19 jun, 13:50
Emmanuel Macron e Luís Montenegro (EPA/MOHAMMED BADRA)

Primeiro-ministro português expressou a Macron empenho no reforço da relação com França

O primeiro-ministro português, Luís Montenegro, manifestou-se esta quarta-feira perante o presidente francês, Emmanuel Macron, empenhado no reforço da relação entre os dois países, destacando as agendas europeias, mas também a influência em África, que ambos partilham.

“A nossa predisposição é não só continuar como reforçar os nossos laços, por isso venho aqui, caro Presidente, com a intenção de dar continuidade à relação que temos, mas incrementá-la e dizer-lhe que temos à nossa frente um espaço de cooperação que pode ser mais profundo e que pode servir os nossos povos”, afirmou Luís Montenegro, no Palácio do Eliseu, em Paris, onde foi recebido para um almoço de trabalho.

Perante o chefe de Estado francês, o primeiro-ministro português sublinhou que “Portugal e a França têm uma relação de parceria muito transversal, histórica, quer do ponto de vista bilateral”, quer do ponto de vista do “compromisso com os valores e a construção do futuro da União Europeia, quer do ponto de vista global nas Nações Unidas” e em áreas geográficas onde têm interesses comuns, “como África”.

“Estamos muito focados e solidários, nas principais agendas que temos hoje na frente de nós na União Europeia, desde logo o apoio à Ucrânia face à invasão da Rússia, o acompanhamento da situação na Faixa de Gaza e todo o processo de relançamento económico da Europa”, declarou.

Para Luís Montenegro, nesse processo incluem-se “o desenvolvimento do mercado único, o desenvolvimento da competitividade das nossas empresas, o financiamento sobretudo das pequenas e médias empresas e questões tão relevantes como a gestão dos fluxos migratórios”.

O chefe de Governo português felicitou ainda os franceses pela realização dos Jogos Olímpicos de Paris, que decorrem entre 26 de julho e 11 de agosto, e disse fazer questão de vir assistir “de viva voz e corpo presente” à “capacidade organizativa” gaulesa, e também para “acompanhar os atletas portugueses”.

Montenegro sublinhou a forma como a comunidade portuguesa foi e continua a ser acolhida em França e agradeceu a mensagem do presidente francês pelos 50 anos do 25 de Abril.

Continue a ler esta notícia

Mais Vistos