Guterres: tráfico de seres humanos rendeu 2,5 mil milhões na UE em 2009 - TVI

Guterres: tráfico de seres humanos rendeu 2,5 mil milhões na UE em 2009

António Guterres

António Guterres defende que combate ao tráfico de seres humanos deve ser prioridade

Relacionados
O alto-comissário das Nações Unidas para os Refugiados defendeu esta segunda-feira que o combate ao tráfico de seres humanos em Portugal deve ser uma prioridade. Guterres revelou que este crime rendeu 2,5 mil milhões de euros na UE em 2009, de acordo com a Lusa.

«Felizmente Portugal tem um volume mais reduzido que a generalidade dos países europeus, mas não podemos por causa disso deixar de combater aquele que é porventura o crime mais hediondo que existe», defende António Guterres à margem da conferência evocativa do Dia Europeu de Luta Contra o Tráfico de Seres Humanos, em Loures.

Durante a sua intervenção, António Guterres referiu que em Portugal registaram-se 140 mil casos de pessoas vítimas deste crime, dos quais 84 por cento diziam respeito a exploração sexual.

António Guterres alertou para a falta de atenção dada às vítimas de tráfico.

«No mundo moderno damos atenção ao crime, mas não damos suficiente atenção à protecção das vítimas e à sua integração na sociedade. Infelizmente estas pessoas tornam-se vítimas de preconceitos e sentem muita dificuldade em reintegrar-se na sua sociedade».

Segundo a «United Nations Office on Drugs and Crime» (UNODC), mais de 2,4 milhões de pessoas são vítimas de tráfico para fins comerciais.

Um relatório elaborado no âmbito da Iniciativa Global Contra o Tráfico de Seres Humanos das Nações Unidas indica que a exploração sexual assume-se como a forma mais relatada de tráfico, com 79 por cento dos casos, registando o tráfico para fins de exploração laboral 18 por cento das situações identificadas.

As mulheres e as crianças são as principais vítimas do tráfico.
Continue a ler esta notícia

Relacionados