OMS declara fim da mpox como emergência sanitária global - TVI

OMS declara fim da mpox como emergência sanitária global

  • CNN Portugal
  • AL
  • 11 mai 2023, 15:53
Monkeypox (GettyImages)

Número de casos baixou quase 90% nos últimos três meses, mas o vírus ainda afeta comunidades em todas as regiões

Relacionados

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou, esta quinta-feira, que a mpox, doença anteriormente conhecida como por Monkeypox ou varíola dos macacos, já não é uma emergência sanitária global.

O diretor-geral da OMS disse ter aceitado a recomendação do Comité de Emergência sobre a mpox, alertando, porém, que é preciso continuar a ter cuidados, uma vez que o vírus não desapareceu.

“Como na covid-19, isto não significa que o trabalho acabou. A mpox continua a representar desafios significativos de saúde pública que precisam de uma resposta robusta, proativa e sustentável”, defendeu Tedros Adhanom Ghebreyesus, em conferência de imprensa.

Mais de 87 mil casos e 140 mortes em 111 países foram notificados à OMS.

O número de casos baixou quase 90% nos últimos três meses a nível global, mas o vírus ainda afeta comunidades em todas as regiões, incluindo em África, onde a transmissão “continua a não ser bem entendida”.

O diretor-geral da OMS defendeu também a importância de os países manterem a sua capacidade de testagem.

 

A OMS começou a receber há cerca de um ano as primeiras notificações de casos de infeção em países dos continentes europeu e americano e, em julho de 2022, o diretor-geral declarou o surto.

Segundo os últimos dados da Direção-Geral da Saúde, desde 3 de maio de 2022 até 28 de abril de 2023, foram confirmados 953 casos de infeção em Portugal, sem novos casos reportados desde a informação mensal anterior.

Segundo a DGS, os sintomas mais comuns da doença são febre, dor de cabeça intensa, dores musculares, dor nas costas, cansaço, aumento dos gânglios linfáticos com o aparecimento progressivo de erupções que atingem a pele e as mucosas.

Continue a ler esta notícia

Relacionados