Carolina declara-se ao irmão com necessidades especiais: «É como um filho para mim»

No «Dois às 10», conhecemos a história de duas jovens que cuidam dos irmãos com necessidades especiais como se fossem mães.

«É como se fosse um filho para mim», começa por dizer Carolina Carvalho ao falar do irmão Pedro diagnosticado com a síndrome rara de Decifer (que provoca um atraso no desenvolvimento).

No entanto, e apesar de todas as condicionantes que teve de enfrentar, Carolina não deixou de o amar e proteger do mundo cruel em que vivemos.

PUB

A par disso, Carolina Oca, irmã de Francisca diagnosticada com Autismo, também não esconde o amor que sente pela irmã mais nova e garantiu: «vou sempre cuidar da minha irmã por amor, não por obrigação».

No final, os apresentadores não ficaram indiferentes à maturidade das adolescentes e desfizeram-se em elogios.

MAIS EXTRAS