Psicóloga despedida por ter depressão, recebe esclarecimento da empresa em direto e reage: «É tudo mentira»

Recebemos Joana Moreno, que afirma ter sido despedida depois de uma reportagem, em que falava da sua luta contra a depressão.

No «Dois às 10», Joana Moreno juntou-se à conversa com Cristina Tavares, a respeito do tema sobre assédio moral no trabalho. Joana garante ter sido despedida por sofrer de depressão, logo após ter ido ao ar uma entrevista na TVI, em que contava a sua história. Recebemos um esclarecimento da empresa, partilhado em direto pelos apresentadores, em que esta defende que a decisão tomada, nada tem a ver com a saúde mental da psicóloga. Ao ouvir isto, Joana reage:  «É tudo mentira (...) Não aceito passar por mentirosa»

Joana também deixou os apresentadores surpreendidos, ao revelar que quando foi despedida, lhe disseram: «Vai te curar para casa».

Já Cristina Tavares, viu-se vítima de assédio moral no trabalho, seguiu para justiça e o tribunal deu-lhe razão, penalizando a empresa. Hoje, recuperou o seu trabalho.

RELACIONADOS

Cláudio Ramos surpreendido com afirmação de convidada: «Ai não diga isso!»

Sabrina ficou viúva aos 30 anos: «Sinto-me incompreendida»

Rendas atuais prejudicam vida de Patrícia: «Sinto que estou a perder qualidade de vida»

A Não Perder

MAIS

Mais Vistos

Mais Vistos Goucha

Receitas

Fotos

Vídeos