Elisabete Abreu viu quem se aproveitasse de refugiados ucranianos: «Havia ali coisas que não faziam sentido»

Elisabete Abreu foi surpreendida por duas pessoas a quem ajudou muito, depois do começo da guerra na Ucrânia.

No «Dois às 10», conhecemos Elisabete Abreu, funcionária no aeroporto de Lisboa, mas que sempre fez trabalhos de voluntariado. Com o surgimento da guerra da Ucrânia dedicou-se a ajudar os ucranianos que se têm refugiado no nosso país. Elisabete contou como ajuda os refugiados, e revelou algumas situações que testemunhou. Viu quem se aproveitasse de refugiados ucranianos: «Havia ali coisas que não faziam sentido»

Confessou também ter estranhado a quantidade de pessoas que se disponibilizaram para ajudar refugiados nas redes sociais, desconfiando das boas intenções expontâneas das pessoas, pelo menos numa fase inicial da guerra.

Para grande surpresa de Elisabete, duas pessoas que ajudou a vir para o nosso país, surpreenderam-na em direto! Veja tudo aqui.
 

RELACIONADOS

Vera e Andreia Carvalho encontraram o amor, mas ainda têm obstáculos: «Há pessoas que não aceitam»

Filha de Carla Coimbra perdeu o pai: «Olhou para o caixão, pôs-lhe a mão no braço e soltou as lágrimas»

A declaração de amor de Paulo Vintém a Marta Melro

A Não Perder

MAIS

Mais Vistos

Mais Vistos Goucha

Receitas

Fotos

Vídeos