Pelo menos 41 toneladas de droga apreendidas em Portugal este ano - TVI

Pelo menos 41 toneladas de droga apreendidas em Portugal este ano

  • Agência Lusa
  • AM
  • 25 jun, 15:49
Polícia Judiciária

PJ vai incinerar seis toneladas de vários tipos de drogas ilícitas apreendidas ao longo dos últimos meses pelas diferentes forças de segurança

As autoridades portuguesas já apreenderam 41 toneladas de droga em 2023, revelou hoje a Polícia Judiciária (PJ), que assinala segunda-feira o Dia Internacional Contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas com a incineração de seis toneladas de estupefacientes.

"No que respeita à atividade de combate ao tráfico ilícito de estupefacientes desenvolvida no corrente ano a nível nacional, por todas as entidades envolvidas, informa-se que até ao dia 26/6 e de acordo com os dados disponíveis, foram já apreendidas cerca de 11 toneladas de cocaína, 30 toneladas de haxixe e quantidades menores de outros tipos de drogas", lê-se num comunicado enviado às redações.

A PJ adiantou também que a destruição de seis toneladas de vários tipos de drogas ilícitas apreendidas ao longo dos últimos meses pelas diferentes forças de segurança irá ser feita através da incineração, "sob a supervisão de uma comissão constituída por um magistrado do Ministério Público, um investigador da Polícia Judiciária e um perito do Laboratório de Polícia Científica".

Em todo o ano passado foram apreendidas quase 42 toneladas de droga no país, s​​​​egundo o relatório de 2022 de Combate ao Tráfico de Estupefacientes em Portugal, que reúne os dados das apreensões de droga realizadas por PJ, GNR, PSP, Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e, ainda, por outras entidades do Estado, como a Polícia Marítima (PM) e a Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP).

O haxixe foi a droga mais apreendida em 2022, com cerca de 23,37 toneladas, seguindo-se a cocaína, com 16,5 toneladas, e a liamba (canábis), com 1,15 toneladas.

As notícias de grandes apreensões de droga multiplicaram-se nos últimos meses, com particular destaque para as operações marítimas ao largo da costa do Algarve.

Em março, a Marinha e a Autoridade Marítima Nacional anunciaram que as 16,48 toneladas de droga apreendidas nos dois primeiros meses de 2023 já praticamente igualavam o total de droga apreendida por estas entidades durante todo o ano passado.

O Dia Internacional Contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas foi criado pela Assembleia Geral das Nações Unidas, em 1987, "como expressão da determinação em se reforçar a ação e a cooperação, para alcançar o objetivo de uma sociedade internacional livre do abuso e tráfico de drogas".

 

Continue a ler esta notícia

Mais Vistos

EM DESTAQUE