Tomé Trindade

Interpretado por Pedro Teixeira
É o dono do café da aldeia, do qual se orgulha muito, pois é todo inspirado nas suas viagens. Ganharam, uma vez, um prémio do 760, o que lhe permitiu fazer uma viagem a Punta Cana e outra à Tunísia, para além das várias excursões a Quarteira, fazendo dele e de Aida as pessoas com “mais mundo” da aldeia, facto de que se gabam muito. Tomé é o “Correio da Manhã” lá do sítio, sempre detentor de toda a informação e cusquice do que se passa na aldeia. Era para ser ele o presidente da festa do ano anterior, mas por causa do Covid não houve e acha-se no direito de ser ele este ano. Só que Albino (face a ser o ano de centenário de Corcovada) não deixa, visto que estava previsto ser ele este ano. Passam a vida em guerra, e nem só por isso, visto Tomé ser o treinador de Hóquei da aldeia (diz que foi uma vez convocado à Seleção Nacional, mas não há provas) e Albino o Presidente do Clube. Tem muito orgulho na sua filha, mas não gosta que ela trabalhe diretamente com Albino na Junta, temendo as más influências, nomeadamente no sotaque do Presidente. Será, durante toda a história, o grande rival de Bino, com quem terá um conflito diário e permanente.

Vídeos

Mais Vídeos

Extras

Mais Extras

Fotos

Mais Fotos