Ataque com faca e martelo faz pelo menos três feridos em Paris, um suspeito detido - TVI

Ataque com faca e martelo faz pelo menos três feridos em Paris, um suspeito detido

  • CNN Portugal
  • ATUALIZADO ÀS 10:32
  • 3 fev, 08:26

Ataque ocorreu este sábado de manhã numa das mais movimentadas estações de comboio da capital francesa. Uma das vítimas foi ferida com gravidade mas está fora de perigo

Um ataque com faca este sábado de manhã na Gare de Lyon, uma das principais estações de comboios de Paris, provocou pelo menos três feridos.

O ataque ocorreu pouco antes das 8h da manhã locais (menos uma hora em Lisboa). Segundo fontes citadas pelos media locais, o atacante foi travado por passageiros antes de ter sido detido pela polícia.

As autoridades confirmaram a captura do suspeito. O Ministério Público adiantou que o homem recorreu a uma faca e também a um martelo, dois objetos que estão já a ser analisados em laboratório.

Duas das vítimas, adiantou a polícia, citada pela Reuters, sofreram ferimentos ligeiros. Uma terceira ficou mais gravemente ferida, mas não corre perigo de vida.

"O suspeito não gritou durante a ação" e entregou às autoridades uma carta de condução italiana, disse fonte policial citada pelo jornal Le Monde. Alegamente, segundo fontes citadas pelos media franceses, terá nacionalidade do Mali.

Está em curso uma "intervenção da polícia e dos serviços de emergência" em algumas áreas ao redor do local do ataque que estão "temporariamente interditas", disse a SNCF, empresa ferroviária francesa, na rede social X (ex-Twitter). "O tráfego está lento entre a Gare de Lyon e Montargis e entre a Gare de Lyon e Montereau", adiantou, invocando um "ato de intenção maliciosa".

O suspeito está a ser interrogado pelas autoridades. Ainda não se conhecem as suas motivações.

A possibilidade de se ter tratado de um atentado terrorista está afastada para já, adianta o Le Monde. Foi aberta uma investigação por tentativa de homicídio pela Polícia Judiciária em Paris.

Este não é o primeiro ataque desta natureza a ter lugar em espaços públicos de Paris nos últimos tempos. Em dezembro, três turistas foram esfaqueados, um deles até à morte, perto da Torre Eiffel. Em janeiro do ano passado, seis pessoas ficaram feridas num ataque com arma branca ocorrido na Gare du Nord.

O ataque deste sábado acontece a menos de meio ano dos Jogos Olímpicos, que vão decorrer na capital francesa em junho e durante os quais são esperados cerca de 15 milhões de turistas, sob um forte aparato de segurança. 

Continue a ler esta notícia