Juventus: expulsão nos descontos vale multa de 70 mil euros a Vlahovic - TVI

Juventus: expulsão nos descontos vale multa de 70 mil euros a Vlahovic

Juventus-Inter de Milão (AP)

Avançado sérvio, o jogador mais bem pago de Itália, recolheu aos balneários mais cedo, por protestos, e a Juventus não deixará que o assunto passe despercebido

Relacionados

A expulsão de Dusan Vlahovic, no domingo, no nulo caseiro diante do Génova, valeu ao avançado sérvio uma dedução salarial. Isto porque, face ao decorrido em campo, a estrutura da Juventus entendeu que Vlahovic agiu de forma desnecessária, pelo que cinco por cento do salário será deduzido do vencimento mensal. A informação é avançada, esta quarta-feira, pela Gazzetta dello Sport.

Importa recordar que, depois de ver o primeiro cartão amarelo, aos 90+3m, Vlahovic prosseguiu com os protestos, testando a paciência do árbitro Antonio Giua. De tal forma que o juiz não hesitou em mostrar o segundo cartão amarelo e consequente cartão vermelho. Foi um revés determinante para a turma de Allegri, que, assim, encaixou o segundo empate consecutivo na Serie A, permitindo a ultrapassagem do AC Milan.

Por isso, Vlahovic – o jogador mais bem pago em Itália, auferindo mais de 12 milhões de euros – verá cerca de 70 mil euros deduzidos do vencimento mensal.

Tal punição é, também, justificada pelo desfalque que o sérvio representa para o ataque da Juventus, que apenas contará com Chiesa, Kenan Yildiz e Moise Kean, que este mês somou os primeiros dois jogos em 2024, depois de recuperar de uma lesão na tíbia. No boletim clínico consta o polaco Milik.

A Juventus visita a Lazio (9.ª) na tarde de 30 de março, um sábado.

Continue a ler esta notícia

Relacionados